News Image

Consumo excessivo de açúcar pode ter consequências graves na saúde

10 meses atrás

É preciso reduzir o consumo de açúcar em Portugal! O Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável da Direção-Geral da Saúde explica porquê.

A ingestão excessiva de açúcares simples é um problema que se associa a cáries dentárias, bem como ao excesso de peso e à obesidade. O excesso de peso, por sua vez, constitui um fator de risco para o desenvolvimento de doenças crónicas, como a diabetes e a doença cardiovascular.

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que o consumo de açúcares não deve ultrapassar os 10% do valor energético total diário (o que equivale a cerca de 200 Kcal para um adulto médio), mas recomenda que fique abaixo dos 5%. 

Se falarmos em gramas, significa que não se deve exceder os 50 gramas de açúcar por dia. Idealmente, a ingestão diária deve ficar abaixo dos 25 gramas de açúcar por dia, ou seja, abaixo de 5 pacotes de açúcar de aproximadamente 5 gramas cada.

Em Portugal, em 2013/2014, a disponibilidade de açúcar por habitante foi de 94 gramas/dia, o que corresponde a 376 kcal/dia, ou seja, quase o dobro do valor máximo.